jusbrasil.com.br
4 de Dezembro de 2021

O novo conceito de "bom advogado"

A “tiktolização” das profissões.

Maria Iara Henrique, Advogado
Publicado por Maria Iara Henrique
há 2 meses


A “tiktolização” das profissões.

O que você considera ser um bom profissional?

Uma pessoa que está sempre estudando? Um especialista na área? Aquele que já está a muito tempo no mercado ou aquele que acabou de se formar?

Atualmente, para você ser considerado um bom profissional é necessário: ter uma conta com milhares de seguidores, produzir conteúdo diariamente, aparecer em pelo menos 15 storys por dia, criar reels e igtv, fazer live ...

Porém, seja um advogado, arquiteto, dentista, psicólogo, ou ainda qual for sua profissão, você sabe que existe um mundo de trabalho além das redes sócias. O mundo online é apenas a “ponta do iceberg”.

Um advogado, por exemplo, tem que atender o cliente, organizar documentação, produzir parecer, peticionar, despachar com o juiz, fazer audiência, elaborar recurso, e fazer tantas outras coisas mais.

Dessa forma, não vamos normalizar a exaustão profissional advinda das “redes”. Principalmente, aquela ligada ao jovem profissional que acabou de se formar e se ver obrigado a produzir conteúdo para ganhar relevância.

Se você quiser ser um influencer digital, apenas seja. Mas não vamos normalizar o ciclo vicioso de querer seguir estratégias de crescimento das redes sociais para ser considerado um bom profissional.

Pois, a produção de conteúdo deve ser uma escolha e não uma obrigação.

Link Instagram: @mariaiarahenrique

8 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Compartilho da sua opinião, rede social virou extensão do próprio braço de trabalho e seguidor virou sinônimo de competência. continuar lendo

Infelizmente estamos vivendo uma era que os valores de trabalho estão sendo distorcidos. continuar lendo

Opinião deveras lúcida. Agradeço por compartilhá-la com a comunidade! continuar lendo

Obrigada! Um assunto muito pertinente para a atual advocacia. continuar lendo

Ótima reflexão! continuar lendo

Concordo. O nosso trabalho continua sendo pautado no estudo, no bom atendimento ao cliente , na técnica da escrita e da oratória e na forma de tratar colegas, servidores e magistrados. continuar lendo